quinta-feira, 1 de outubro de 2015

reagindo

é a constante intocável que não evapora
continua crescendo, aumentando,
sobrevivendo.

˜reaja˜ como? diga-me como!!!

sábado, 14 de março de 2015

Não está sendo fácil. Não mesmo. Poderia negar, colocar meu melhor sorriso e dizer que tudo é lindo e perfeito. Não, não é. Tem dias que o tempo é curto, a alimentação é louca, as pessoas são chatas, o discurso é "pseudo-cult", as ruas são desertas, o sol incomoda, o frio atrapalha. Tem horas que sinto vontade de "chutar o pau da barraca" e esquecer que existe um universo no Brasil.

Tem horas que questiono minhas escolhas, meu mundo, o universo. 

Não é fácil modificar a vida em busca de algo que não faço ideia do que seja. Sair do seu país (do aconchego do seus pais, familiares e amigos) com o ex namorado por quatro meses porque não passou no primeiro mestrado que tentou ou porque não arrumou emprego no seu primeiro mês de formada "é lá" justificativa?

É, talvez a justificativa exposta foi essa... mas no meu intimo, foi pela busca do desenvolvimento pessoal.

~ México, mostre-se a mim.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

em direção ao México

doeu, confesso, doeu. tomei a decisão mais difícil dos últimos tempos. doeu para confessar a mim a escolha que fiz; doeu para avisar a você a escolha que fiz.

Não há distinção;
não para mim.
Quero você, e apenas você
em mim, para mim.
Continuo a querer
e querer a ti.

domingo, 28 de dezembro de 2014

voar

mulher, cisgênera, inteira e genuína. psicóloga por formação, confiante por opção. com sede para aprender e caminhar pelo mundo... com vontade suprema de abraçar o universo. 

domingo, 14 de dezembro de 2014

gostando

Eu gosto do seu corpo
Eu gosto do que ele faz
Eu gosto de como ele faz.

Eu gosto de sentir as formas do seu corpo, dos seus ossos e sentir o tremor firme e doce de quando lhe beijo e volto a beijar e volto a beija.

Ana Carolina

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

M. Bethânia



De que serve ter o mapa
se o fim está traçado
De que serve a terra á vista
se o barco está parado
De que serve ter a chave
se a porta está aberta
De que servem as palavras
se a casa está deserta?

Maria Bethânia - Quem me leva os meus fantasmas